O pré-candidato a governador do PT, Rafael Fonteles, esteve ontem (quinta-feira 21) reunido, no Hotel Gran Arrey, com os profissionais de enfermagem, objetivando ouvir demandas para melhorar a saúde pública estadual e incorporar ideias ao plano de governo do Time do Povo, que será registrado logo após as convenções do próximo sábado (23), no Atlantic City.  

“Aqui reafirmamos o nosso compromisso em defesa do SUS e em defesa da valorização dos profissionais de enfermagem. Estamos juntos, cada vez mais animados nessa caminhada que estamos fazendo pelo futuro do Piauí”, enfatiza Rafael.

Ele acrescentou que já assinou a Carta Compromisso em Defesa do SUS e disse que o seu programa de governo foi feito em parceria com o Conselho Municipal de Secretários de Saúde do Piauí (Cosems), que, na sua maioria, é composto por profissionais de enfermagem. “Então, as principais bandeiras para melhoria do sistema de saúde, sob a ótica dos profissionais da enfermagem, estão devidamente representadas, pois subscrevemos praticamente todos os itens que recebemos nessa carta proposta, portanto, colocando no nosso programa de governo”, garantiu Rafael.  

O pré-candidato a governador ainda lamentou o descaso do governo federal para com a saúde pública e os profissionais da área, principalmente durante a pandemia. “Os que estiveram ou estão no front de batalha contra a covid não conseguem admitir como é que um presidente da República goza de uma paciente com covid sem fôlego. É um negócio muito horroroso, impressionante. Vocês que tiveram no front, nos hospitais e nas UTIS, viram a gravidade do caso, além de estar havendo um verdadeiro desmonte de várias políticas públicas”, comentou Rafael.  

O ex-secretário da Fazenda ressaltou ainda que o caso do SUS ainda é mais grave porque sobrevive com um subfinanciamento desde que cortam a CPMF, que garantia um recurso a mais para a saúde, por isso afirma é necessário discutir o financiamento do SUS. “A saúde é algo muito complexa, não dá para ser algo improvisado. É por isso que em todas as pesquisas é o principal problema que as pessoas apontam, mesmo que tenha melhorado não funciona a contento. Se o sistema foi desenhado para ser universal tem que ter dinheiro para resolutividade, eficiência e eficácia às políticas públicas de saúde”, frisou.  

O evento marcou o lançamento da pré-candidatura da ex-presidente do Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (Coren-PI), Tatiana Melo, para deputada federal, pelo PSD. Ela lamentou que somente depois da pandemia da Covid-19 os profissionais da enfermagem tornarem-se visíveis para o mundo. “Trabalhávamos 44 horas semanais, deixando filhos, esposo ou pais, para cuidar dos pacientes. Já aprovamos o piso para os profissionais da enfermagem, mas queremos lutar mais ainda por esses profissionais. Vamos ser também uma defensora do SUS no Congresso Nacional, que está muito sucateado. O atual governo acabou com a Rede Cegonha, que tinha crescido nos governos Lula e Dilma, além de outros retrocessos”, criticou Tatiana.  

O presidente do Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (Coren), Antonio Luz Neto, ressaltou a importância para categoria estar laçando a pré-candidatura de Tatiana Melo para defender a luta dos profissionais da enfermagem no Congresso Nacional. Ele ainda agradeceu os avanços conquistados pelos profissionais no governo Wellington, que devem ser continuados por Rafael. “Queremos agradecer ao ex-governador Wellington Dias, que é pré-candidato a senador, por ter sancionado três leis importantes para os profissionais da enfermagem. E ainda firmar o nosso compromisso com o Time do Povo, liderado por Rafael Fonteles, que é o time que vai ouvir os profissionais de enfermagem”, disse o presidente do Coren-PI.

Entre essas leis, está a lei de número 7.724, sancionada pelo ex-governador Wellington Dias, em janeiro desse ano, que regulamenta a carga horária de 30 horas semanais para os profissionais de enfermagem da rede estadual. O projeto de lei é de autoria do deputado estadual Coronel Carlos Augusto, que estava presente no evento. Ele ressaltou que, se for reeleito, continuará defendendo a segurança pública e a enfermagem na Assembleia Legislativa.

O evento ainda contou com a participação do Deputado Distrital (DF), Jorge Viana, reconhecido por defender as bandeiras de luta da saúde pública e dos profissionais da enfermagem no Congresso Nacional. “Estou muito feliz por estar aqui hoje vendo um pré-candidato a governador ouvir as demandas dos profissionais da enfermagem, sinal que quer dialogar e somar com a enfermagem. E aqui no Piauí temos quase 50 mil profissionais que podem contribuir, apoiando uma pré-candidata a deputada federal enfermeira e um pré-candidato a governador que soma. Certamente serão vitoriosos”, disse Jorge Viana.  

O diretor do Sindicato de Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do Distrito Federal (Sindate-DF), Newton Batista, também prestigiou o evento. Outra pré-candidata a deputada estadual que participou do encontro foi a enfermeira, Dília Falcão. Representantes de todos os profissionais da enfermagem, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, também estavam atentos às propostas dos pré-candidatos do Time do Povo.


Dê sua opinião:

Tópicos