A Associação Beneficente Paulo Apóstolo (ABESPA), mantenedora da Pastoral do Povo da Rua, recebeu nesta sexta-feira (08), produtos comprados através do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), executado pela Secretaria de Agricultura Familiar (SAF), e que recebeu recurso do deputado federal Fábio Abreu.

Alimentos como macaxeira, abóbora, feijão verde, banana, cheiro verde e alface, foram entregues à Associação, e serão utilizados no preparo das refeições oferecidas aos acolhidos pela Pastoral, que também desenvolve um projeto de qualificação com pessoas em situação de rua. O parlamentar esteve presente no momento. Foram R$ 30 mil indicados pelo deputado. O valor foi usado na compra dos produtos cultivados por pequenos agricultores do  Povoado Ave Verde, nas zonas rural norte e leste, e do Povoado Salobro, na zona rural sul, em Teresina.

De acordo com Durval Gomes, coordenador Estadual do PAA, outras instituições da capital também devem receber os alimentos comprados com o recurso.
“Ainda não decidimos para onde direcionar, mas estamos organizando a entrega dos alimentos adquiridos para mais instituições da capital”, disse o coordenador.

Emenda de R$ 200 mil

Além de Teresina, trabalhadores rurais e entidades das cidades de Campo Maior (R$ 40 mil), Sigefredo Pacheco (R$ 20 mil), Nazária (R$ 20 mil), Matias Olímpio (R$ 15 mil), Beneditinos (15 mil), Altos (R$ 30 mil) e Jatobá (R$ 30 mil), também serão favorecidos com o recurso indicado pelo deputado Fábio Abreu.


“A SAF estará executando durante os meses de abril e maio, em oito cidades do estado, o montante de R$ 200 mil, adquiridos através de uma emenda parlamentar do deputado Fábio Abreu. Uma iniciativa de supra importância, pois gera renda para os agricultores, fazendo com que eles permaneçam no campo. O programa também leva alimentos de qualidade para as famílias atendidas por instituições como os Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) de diversos municípios, e em Teresina, para a Pastoral do Povo da Rua, o Abrigo São Lucas, a Casa Frederico Ozanam, entre outras”, explica o coordenador, Durval Gomes.

Fábio Abreu fala sobre a motivação em investir na agricultura familiar e destaca a relevância do PAA para manutenção de ações sociais.

“Reconheço o quanto é difícil a vida no campo e o trabalho na lida por ter vivenciado essa realidade de perto. Por isso, enquanto parlamentar, tenho realizado ações com objetivo de melhorar a vida dos agricultores familiares, seja na indicação de recursos para a aquisição de equipamentos, seja para o incentivo à produção e compra do excedente.


E investindo no Programa de Aquisição de Alimentos, beneficiamos não apenas o pequeno agricultor, mas também apoiamos o social, uma vez que esse alimento é revertido para instituições sem fins lucrativos”, diz o parlamentar.

O vereador Douglas, de Sigefredo Pacheco, um dos municípios que recebeu investimento, destaca a forma como a iniciativa irá melhorar a vida de pequenos produtores da região. “O investimento feito pelo deputado Fábio Abreu ao PAA vai ajudar os pequenos agricultores da zona rural a vender seu excedente e com o dinheiro adquirido, manter a sua produção. Além disso, temos a possibilidade de realizar doações às famílias de baixo rendimento. Aqui em Sigefredo Pacheco, os produtos serão encaminhados para o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) que fará a distribuição para as famílias inscritas em programas sociais”, disse o vereador.

Sobre o PAA

O Programa de Aquisição de Alimentos consiste na compra de produtos de agricultores familiares do Piauí, tendo em vista a valorização da produção rural e distribuição para instituições que atendem pessoas em vulnerabilidade social.

Dê sua opinião:

Tópicos