O Hospital Mariano Castelo Branco, localizado no bairro Santa Maria da Codipi, zona Norte de Teresina, passa a ser o hospital referência para internação de pacientes com Covid. O hospital funciona com 31 leitos.  

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) está fazendo uma reorganização da rede hospitalar de Teresina por conta do aumento do número de internações COVID na capital. A partir de hoje o  hospital Mariano Castelo Branco fica exclusivo para internar casos de COVID mas também  vai manter o atendimento de urgência e emergência não Covid, mas com fluxos distintos, garantindo a segurança dos usuários.

A FMS definiu esse hospital para internações de pacientes Covid devido aos altos índices de casos da doença verificados na última Semana Epidemiológica, entre 26 de junho a 2 de julho. Nesse período foram 2.357 casos confirmados da doença, que corresponde a 58% do número máximo registrado no pico da onda anterior da pandemia, no final do mês de fevereiro.

O presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Gilberto Albuquerque, explica sobre o atendimento com internação. “Estamos fazendo essa reorganização para que o Hospital Mariano Castelo Branco atenda os pacientes com todos os cuidados específicos ”, esclarece.

Dê sua opinião:

Tópicos