A parte estrutural das obras de reforma do prédio que abrigará o Museu da Imagem e do Som (MIS) foram concluídas. A informação foi anunciada pelo superintendente das Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Centro, Roncalli Filho, nesta quarta-feira (13).

Segundo o superintendente Roncalli Filho, a obra está na fase de acabamento final. Os retoques, nesta etapa, estão ocorrendo dentro do prédio e contam com a ação diária de pelo menos 40 trabalhadores.

A previsão do superintendente é de que a reforma completa, com a implementação de mobília e museologia, sejam entregues para a população no segundo semestre de 2022, a tempo para a comemoração do Aniversário de Teresina.

O local está recebendo a instalação de forros, além de um novo sistema de combate a incêndios.

“É uma obra de grande porte e muito importante para a nossa cidade. Nossas equipes estão dedicadas no retoques finais da obra, com a maior parte da equipe trabalhando dentro do prédio. São ações como o acabamento dos forros, instalações de escada metálica, instalação de ar-condicionado, pintura e balanços da fachada”, explicou Roncalli Filho, que também é engenheiro.

Roncalli Filho relembrou que a SAAD Centro assumiu a obra totalmente paralisada, devido pendências deixadas pela gestão passada com a empresa responsável.

“Fizemos uma força tarefa real para conseguir destravar essa e outras obras que, senão estavam paradas, estavam com um ritmo muito lento devido a essa situação”, destacou. “Agora, em pouco menos do que um ano, a administração municipal se prepara para a inauguração da obra”, acrescentou.

As obras do MIS também vão contemplar a instalação de uma nova pinacoteca, ou seja, um espaço para exposição de acervo de pinturas. A estrutura do prédio também terá salas especiais para a edição de vídeo, gravação de som, triagem, revisão de filmes, digitalização e fotografia, espaços para exposições, com salas de projeção, atividades culturais e lojas, além de uma biblioteca, restaurante, auditório, cafeteria e salão externo.

O prédio que abrigará o MIS já foi a sede da Câmara Municipal de Teresina. A Prefeitura de Teresina está investindo pelo menos R$ 8 milhões, com recursos do Banco do Brasil, para transformar o prédio histórico em um centro cultural para a cidade.

Para Roncalli Filho, a obra trará um ambiente novo, contemplando exposições culturais e grande eventos.

“Nosso objetivo é que essa seja uma obra para a modernização e de inovação na parte cultural de Teresina, uma importante contribuição da gestão do prefeito Dr. Pessoa para os artistas e também para que as pessoas tenham um local para ver as exposições, estudar e ter uma programação de lazer com a família e amigos”, destacou o gestor.

Foto: reprodução 

Dê sua opinião:

Tópicos