A Febrac e mais de 80 entidades ligadas ao setor produtivo e empresarial do Brasil, se uniram para pressionar o Senado a não colocar em votação duas propostas que tratam sobre mudanças no sistema de tributação nacional. Estão incluídas no projeto de reforma tributária. 

Os Senadores irão votar dia 18 para 2 projetos extremamente polêmicos, são eles: O PL 2337/21 que altera o Imposto de renda, falta transparecia e ausência de um diagnóstico do impacto econômico e PEC 110 que prevê aumento na carga tributária de atividade econômicas em mão de obra, que hoje empregam diretamente mais de 1,8 milhões de trabalhadores. 

A Febrac e os Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação do Piauí assinam e forçam a impontaria desse manifesto.

Dê sua opinião:

Tópicos