Poder a Ciro Nogueira

O presidente Jair Bolsonaro editou um decreto que dá mais poder à Casa Civil na execução do Orçamento, diminuindo a autonomia do Ministério da Economia, comandado por Paulo Guedes. O texto determina que a Casa Civil terá que dar aval para algumas ações de abertura ou remanejamento de despesas do dia a dia dos ministérios. O decreto foi publicado nesta quinta-feira no Diário Oficial da União. Pela primeira vez, foi acrescentando um trecho determinando que a prática desses atos "está condicionada à manifestação prévia favorável do Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República".

Dr. Pessoa e novo partido

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, afirmou que deverá anunciar no final do mês de janeiro se sairá do MDB para outro partido. O gestor recebeu o convite de três partidos, o PL, União Brasil e Republicanos. “Daqui para o fim do mês vou ter um partido novo, tem dois ou três na lista me oferecendo se devo ou não aceitar sair ou não do MDB. Tem mais de 50% de possibilidade de sair do MDB, mas ainda não tem 100%”, disse.

Covid-19: maioria dos internados não tomaram vacina

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, falou hoje (13) ao receber o primeiro lote de vacinas infantis contra covid-19, que a maioria dos internados pela doença hoje em hospitais e UTIs é formada por pessoas que não foram imunizadas. "Aqueles que se internam nos hospitais e nas Unidades de Terapia Intensiva, a grande maioria são de indivíduos não vacinados. É necessário reafirmar a orientação para aqueles que não tomaram a segunda dose. E aqueles que não tomaram a dose de reforço, que procurem a sala de vacinação para completar seu esquema vacinal", disse o ministro.

Dê sua opinião:

Tópicos