Farra com aviões da FAB

O ministro Marcelo Queiroga (Saúde) levou em voos da Força Aérea Brasileira a esposa, filhos e parentes de outras autoridades em carona a 20 destinos entre Maceió, Recife, Brasília, João Pessoa, Rio de Janeiro, aí que vida... Ah, o ministério não quis informar se os parentes de Queiroga e de outras autoridades participaram das agendas ou por qual razão usaram as aeronaves.

Voltando no tempo...

Em março de 2020, o presidente Bolsonaro  mudou decreto sobre uso das aeronaves oficiais para tornar as regras mais rígidas, após exoneração de José Vicente Santini do cargo de secretário-executivo da Casa Civil por usar voo oficial para ir da Suíça à Índia, onde encontraria Bolsonaro. O mesmo trajeto havia sido feito pelos ministros em voos comerciais.
Na ocasião, Bolsonaro chamou de inadmissível e imoral o uso do voo oficial e o demitiu.

Praticando o perdão...

Santini voltou ao governo em setembro do mesmo ano. No mês passado, Santini se tornou secretário Nacional de Justiça.

Petrobras é a segunda que mais lucra no mundo

A política de aumento sucessivo nos preços dos combustíveis não atrapalha a Petrobras,  os acionistas tiveram lucro de  R$ 43 bilhões só no 2º trimestre de 2021. O resultado é o segundo maior do planeta, à frente até da maior petroleira do mundo, a PetroChina. Acionistas do mercado agradecem, já o cidadão brasileiro, o “maior acionista” sofre.

Dê sua opinião:

Tópicos