Passo amargo

O vereador Dudu (PT), falou sobre a aprovação da Reforma da Previdência municipal. O parlamentar afirma que sem a adequação, Teresina estaria falida. 

"Essa reforma por si só, não vai ser para resolver o problema da previdência, mas é um passo amargo. Que a sociedade fique esclarecida, se não tivesse essa reforma, a partir do dia primeiro de janeiro, Teresina seria uma cidade falida. Todos os repasses constitucionais do Governo Federal, os contratos com qualquer entidade ou banco público seriam suspensos", disse o parlamentar.

Enfrentamento à violência contra Mulheres

O deputado estadual Gessivaldo Isaías (PRB), falou sobre a aprovação do seu projeto Selo Práticas Inovadoras de Enfrentamento à Violência contra Mulheres. 

"A empresa que contribuir para esse combate da violência contra mulher, é pra receber um selo de destaque. Isso é para incentivar empresas a entrarem também, na questão do enfrentamento dessa violência, que umas das barbárie que tem crescido no Piauí. Vamos incentivando as empresas e destacando, para que sejam bem vistas pela sociedade", disse o deputado.

Prefeitura de Teresina antecipa 13°

A Prefeitura de Teresina, vai antecipar o pagamento da segunda parcela do 13º salário dos servidores, o pagamento será depositado nesta sexta-feira (10). Robert Rios, afirma que a antecipação é um esforço do prefeito Dr. Pessoa, considerando as dificuldades que os teresinenses passaram, por conta do impacto da pandemia na economia. 

"Foi um ano complicado para todos nós e com essa antecipação queremos garantir que os nossos servidores possam comemorar suas festas de fim de ano da melhor forma", diz Rios.

Dê sua opinião:

Tópicos