A governadora do Piauí, Regina Sousa, se reuniu hoje (23), com parte da bancada federal do estado no Palácio de Karnak. A pauta foi para tratar o projeto de lei que classifica os combustíveis, energia elétrica, telecomunicações e transportes como bens e serviços essenciais, como alíquota máxima de ICMS de 17%. 

O deputado Júlio César esteve presente e destacou que o presidente da República, vai faturar em qualquer decisão. 

"É uma matéria conduzida pelo presidente e eu disse lá que qualquer que seja a decisão, quem fatura é o presidente da República. Se for retirada de pauta ele fatura, e se for aprovada ele fatura porque a iniciativa é dele. E, se for retirada de pauta ou se não for aprovada ele fatura e vai descascar todos os membros do Congresso Nacional da Câmara e do Senado", disse o deputado.

Dê sua opinião:

Tópicos